notícias Home notícias


Eleições Movimentam o LOGOS

Projeto Jovem Eleitor movimenta o Logos

 

Dois meses de preparação, mais de 500 alunos e professores participando, lançamento de novos partidos e uma campanha presidencial com quatro candidatos que disputaram, palmo a palmo, a atenção dos eleitores. Esse foi o Jovem Eleitor, um projeto multidisciplinar que movimentou o Centro Educacional Logos e atraiu a imprensa do DF. “Aproveitamos as eleições para trabalhar diversos conteúdos com os alunos do ensino médio. A ideia começou com a matemática onde vimos estatística, probabilidade, coeficiente e avançamos para outras disciplinas. Os alunos debateram temas atuais com profundidade, pesquisaram o sistema político brasileiro, criaram partidos e participaram de uma simulação do processo eleitoral com direito a título de eleitor, zona eleitora e urna eletrônica”, explica Renata Pereira, supervisora pedagógica do Logos.

Maria Gabriela de Castilhos de 18 anos,  é aluna do terceiro ano do ensino médio e foi escolhida como presidente do STEL, o Superior Tribunal Eleitoral Logos.  Para ela, o projeto foi muito interessante. “Acho importante que a escola contextualize o conteúdo programático com o que está acontecendo no país. Sou novata no colégio e gostei muito, acho que agora estamos ainda mais preparados”, afirmou.

O coordenador pedagógico do Centro Educacional Logos, Antônio Carlos Ribeiro Silva, responsável pelo projeto, concorda com Maria Gabriela. “A ideia de trabalhar o tema eleições de forma multidisciplinar surgiu em conjunto com os alunos e a direção da escola. Utilizamos vários componentes curriculares. Foi intenso e divertido. Os alunos formaram opinião sobre vários temas e estão preparados para provas como PAS, ENEM e para o vestibular”, afirmou.

E não foram só os alunos que elogiaram o Projeto Jovem Eleitor.  Gilberto Carlos do Nascimento, representou o Tribunal Regional Eleitoral do DF durante as eleições simuladas no Logos e disse que nenhuma outra escola particular teve uma iniciativa tão profunda como essa nessas eleições. “ O TRE tem o projeto Eleitor do Futuro que promove eleições simuladas em escolas públicas do DF. Mas aqui foi uma iniciativa própria de um um colégio particular. O Centro Educacional Logos não esperou pela ação da justiça eleitoral. Ele mesmo fez a simulação e ficou tudo perfeito. Muito parecido com o que acontece no dia das eleições. Isso é importante para despertar nos jovens o interesse na política e mostrar o valor do participação democrática”.

A contagem dos votos e o anúncio do vencedor foi um dos pontos altos das eleições no Logos. O aluno Brendo Alexandre Alves de Matos foi o ganhador, com 57% dos votos válidos. “Criamos o Partido dos Estudantes do Futuro e pesquisamos bastante para saber quais seriam nossas propostas. Analisamos as vantagens e desvantagens do Brasil ser um país emergente. Nossas prioridades foram educação, saúde e segurança. Meus colegas assessores fizeram um bom trabalho de pesquisa”. Com a vitória, Breno, que pensa em seguir a carreira política, vai representar os alunos do Centro Educacional Logos junto à direção do colégio.

 

Veja um pouco do que saiu na imprensa sobre o Projeto Jovem Eleitor

Rede CNT

 

SBT Brasília